Os primeiros dias (Julho) da 30ª foram pouco famosos, as pessoas estavam a festejar o triunfo o Europeu . Eu faltei à inauguraçao, e iam à volta de 45 pessoas por dia. Porém em Agosto, tudo mudou no 1º Domingo (com mais de 30ºC) foram cerca de 445 pessoas e o fluxo manter-se-ia atlto.

A 11/08/2

 

 

 

 

 

A grande figura desta 30ª exposição da ÁRVORE é na minha opinião , Armando Alves.Parece inacreditável mas o Mestre Armando Alves para além de ser um dos 4 vintes, fundador da COOPERATIVA ÁRVORE, chegou a ser Professor da gloriosa pintora de Flores Helena Amaral, por 1964 , há mais 50 anos.

Armando Alves tinha faltado à Exposição de 2015 e eu previa a sua despedida . Ainda bem que me enganei, ele realmente fez falta em 2015 e voltou em toda a força em 2016.

N dia 18/08/2016 fui ao MNSR ver a XXX exp. da ÁRVORE e vi que tinha havido grande afluência de público crca de 170 em 2 dias e 110 , noutro . Faltou apenas a imprensa...

 

Quinta-Feira, 25 de Julho 2016, volto a ir ao MNSR e mais uma vez vejo que foi gente à ÁRVORE, 112 num dia 117 noutro e de resto vejo público no Museu. Mas não houve grandes oportunidades.

 

 

 

 

A ÁRVORE reaparece com um stand na Feira do Livro do Porto (palácio de Cristal, 2-18 de Setembro 2016) .

 

Por 10/09/2016 desaparece Mestre José Rodrigues.

 

7 dias depois ... debandada!

 

Mário David Cardoso   Fortunato

 

 

        

            Helena Amaral